Lucélio defende que Governo tem que fazer “mais com menos”

13/09/2018 - Por: Adm
 
Escreva aqui a legenda da foto

Lucélio Cartaxo, candidato ao Governo do Estado pela coligação Força da Esperança (PV, PSDB, PP, PSD, PTC, PRTB, SOLIDARIEDADE, DC, PSL, PPL, PHS, PSC), foi entrevistado pelas TVs Cabo Branco e Paraíba, na tarde desta quarta-feira (12), onde defendeu que, para melhorar a vida dos paraibanos, a gestão pública precisa estabelecer prioridades que dialoguem com as necessidades da população, com eficiência e responsabilidade orçamentária.

"Governo que se propõe eficiente, precisa fazer mais com menos, tomar medidas para garantir investimentos naquilo que é essencial para a população. O Hospital de Trauma do Sertão, que iremos implementar a partir de 2019, foi pensado como uma das nossas prioridades, que é plenamente executável, desde que criemos prioridades em investimentos", disse.

O candidato do PV destacou que o modelo de gestão em que está apoiado já demonstrou que, tendo responsabilidade e prioridades, é possível promover políticas públicas transformadoras. "Quando Luciano Cartaxo assumiu a Prefeitura de João Pessoa, se dizia impossível aumentar nossa rede de UPAs. Nós não apenas mantivemos a única que existia, como elevamos a rede para quatro unidades", disse.

Lucélio Cartaxo também foi entrevistado pelo G1 Paraíba, onde defendeu uma agenda política que volte a colocar educação pública como prioridade. "Entendemos a educação como ciclo virtuoso, que precisa de investimentos das creches até o Ensino Superior. Precisamos restabelecer o diálogo com a UEPB, que hoje está presente em oito campus por todo o Estado, mas está com aulas suspensas em várias unidades, pela falta de investimentos da gestão".

Fomento à cultura também foi um dos investimentos garantidos por Lucélio Cartaxo em entrevista ao portal. "O Fundo de Incentivo à Cultura está abandonado, prejudicando nossa produção em diversas áreas. Precisamos retomá-lo. A Paraíba é rica em arte e cultura e precisa desse olhar diferenciado. Nossa produção musical e audiovisual precisa ser fortalecida e iremos requalificar nossos 14 centros históricos pelo Estado, que hoje não contam com investimentos da gestão estadual".

Acesse o Instagram do Notícia Extra

https://www.instagram.com/noticia_extra/

Leia as notícias mais acessadas do Brasil e do Mundo http://www.noticiaextra.com/

Wscom

 

Envie seu Comentário