Confusão generalizada encerra bloco de Ludmilla antes do previsto

06/03/2019 - Por: G1
 
Escreva aqui a legenda da foto

Rio – Uma confusão encerrou o bloco Fervo da Lud, no Centro do Rio, uma hora e meia antes do previsto. Um tumulto provocou correria perto das 12h30 desta terça-feira (5), quando Ludmilla se apresentava para uma multidão.

Ainda não se sabe o que causou a confusão. Uma briga se tornou generalizada e parou a festa que reunia 1,2 milhão de pessoas naquele momento, segundo a organização. A polícia usou bombas de efeito moral, gás de pimenta, gás lacrimogênio e cassetetes contra foliões.

A Polícia Militar ainda não divulgou números, mas ao menos uma pessoa foi detida. A GloboNews registrou o momento em que agentes de segurança usaram violência para imobilizar um folião que resistia à prisão e chegou a avançar contra os policiais com uma barra de ferro.

Após ser agredido e derrubado no chão, o homem foi algemado e levado para a viatura da PM, com o rosto sangrando.

Os policiais também fizeram um cordão de isolamento em volta do trio elétrico onde estão a cantora e seus convidados.

Bombeiros civis informaram ter feito 130 atendimentos durante todo o bloco. Destacaram que, após a confusão, uma criança, de aparentemente 3 anos de idade, inalou gás lacrimogênio e foi socorrida desacordada. A princípio, nenhum caso de maior gravidade foi registrado.

Às 13h20, o clima ainda era de muita tensão na região. O público se dispersava aos poucos, mesmo com o bloco declarado encerrado. Às 13h45, a situação já estava mais calma e a grande maioria do público já havia dispersado.

Vários foliões foram até o Hospital Souza Aguiar, no Centro. Houve um princípio de tumulto na porta do hospital.

Esta é a segunda edição do Fervo da Lud, que logo na estreia, no ano passado, já havia reunido milhares de foliões. A expectativa era que o bloco tivesse o maior número de foliões do carnaval do Rio.

G1

Acesse o Instagram do Notícia Extra

https://www.instagram.com/noticia_extra/

Leia as notícias mais acessadas do Brasil e do Mundo http://www.noticiaextra.com/.

 

Envie seu Comentário