João Pessoa: 7 de junho de 2023

Prefeitura de João Pessoa garante assistência em urgência e emergência no feriado de Tiradentes

Publicado em: 20 de abril de 2023

Em virtude do feriado nacional de Tiradentes, nesta sexta-feira (21), não haverá expediente na Prefeitura de João Pessoa. Apesar disso, os serviços essenciais mantidos pela administração pública do Município estarão funcionando para atender à população, como é o caso da rede de urgência e emergência. O expediente retoma a normalidade na segunda-feira (24) com o atendimento ao público e funcionamento de todas as secretarias.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa à população que quem necessitar dos serviços de saúde, poderá ser atendido nas unidades de pronto atendimento (UPAs), localizadas nos bairros de Manaíra, Valentina Figueiredo, Bancários e Cruz das Armas.

A assistência também será mantida nos hospitais que compõem a rede pública municipal de saúde: Complexo Hospitalar de Mangabeira (CHM); Hospital Municipal Infantil do Valentina (HMV); Instituto Cândida Vargas (ICV); Hospital Santa Isabel (HMSI) e Prontovida, sendo os dois últimos com atendimento apenas por meio de regulação. Além disso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-JP) poderá ser acionado pelo número 192.

Saúde mental e odontológica – Para os usuários que necessitarem de assistência de urgência em saúde mental, a orientação é procurar o serviço do Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm), localizado em prédio anexo ao CHM. Já o atendimento em saúde bucal está garantido pelos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), localizados na Torre e em Mangabeira.

As unidades de saúde da família (USFs), policlínicas municipais e os demais serviços que não atuam como porta de urgência e emergência, além dos setores administrativos da SMS, não funcionarão durante o feriado.

Mutirão de exames citológicos no sábado – Lembrando que a SMS realizará, neste sábado (22), um mutirão de exames citológicos para as mulheres de 25 até 64 anos de idade. A ação está prevista para acontecer em 26 USFs, distribuídas nos cinco distritos sanitários da Capital. Os exames citológicos serão realizados por demanda espontânea, ou seja, a usuária não precisa agendar. As mulheres que se enquadram na faixa etária dos 25 aos 64 anos, serão atendidas pelas equipes de saúde da família.

  • Texto: George Medeiros
    Edição: Felipe Silveira
    Fotografia: Arquivo/Secom

Compartile:

Tags: