João Pessoa: 7 de junho de 2023

Eficiente atuação do Sindojus-PB atrai não só filiações, mas refiliações

Publicado em: 5 de abril de 2023

A atuação do Sindojus-PB é reconhecida pela categoria através de filiações e também de refiliações. A mais recente esta semana confirmou a máxima de que o bom filho volta à casa, que neste caso conhece muito bem pois presidiu a entidade desde a sua fundação em 13 de março de 2003 até setembro de 2005, quando após a publicação de edital para eleição de nova diretoria e num gesto de desprendimento, renunciou ao cargo e a um provável outro mandato.

Oficial de Justiça que atua na Comarca de João Pessoa, Juarez Fernandes esteve na Sede do Sindicato e entregou a ficha ao atual presidente Joselito Bandeira, a quem elogiou pela gestão transparente em finanças e ações, bem como pela total dedicação a bem representar a categoria em nível inclusive federal, como diretor legislativo da Afojebra.

“Minha decisão de voltar ao quadro de filiados foi tomada durante o IV Conojus, recentemente realizado na cidade de Teresina (PI), além disso, pela reflexão que fizemos sobre a necessidade de filiação para um maior fortalecimento da categoria em todo o mundo”, afirmou Juarez.

Características e interesses próprios

Ele lembrou que sua gestão pioneira foi marcada por muita luta no sentido de consolidar a chegada de um novo Sindicato no âmbito do Poder Judiciário para representar os Oficiais de Justiça, que embora também sejam servidores, integram uma categoria que possui características e interesses próprios.

E acrescentou que no citado biênio esteve à frente de vários movimentos visando a melhoria de trabalho e salarial dos servidores do Poder Judiciário. “Ter sido presidente do SOJEP (Sindojus-PB), me permitiu contribuir, juntamente com uma centena de colegas fundadores, para o fortalecimento da categoria e para termos uma entidade que, de fato e de direito, nos representasse perante todos os órgãos públicos e privados, a fim de garantir os direitos de todos os Oficiais de Justiça do estado”, acrescentou.

Juarez disse ainda que se afastou politicamente da diretoria do Sojep, por entender que já tinha dado a sua contribuição e também para cuidar dos seus interesses particulares, pois havia ingressado no Curso de Licenciatura em Pedagogia na UFPB, que concluiu em 2006 e já em 2007 passou a cursar Direito do UNIPÊ, que concluiu em 2011, e posteriormente a Especialização no Curso de Preparação à Magistratura da Esma.

“Mas nunca deixei de lutar, como servidor, pelos interesses da categoria. Graças à Deus, a semente foi bem plantada e continua sendo bem regada e cuidada pelos presidentes que me sucederam que, para mim, é uma grande honra e satisfação”, concluiu.

Grande significado

Por sua vez, Joselito Bandeira agradeceu as referências e externou a satisfação pela refiliação de Juarez. “Filiações e refiliações como essa e as dos colegas Roseane Caldas e Giuseppe Lyra, que ocorrem desde o início de nossa gestão, têm um grande significado pelo grau de conscientização dos colegas sobre o quanto é importante fortalecer o Sindojus-PB para representa-los na garantia de direitos e buscas por novas conquistas que beneficiarão a todos. E ainda nos reconforta pelo reconhecimento que é traduzido ao trabalho desenvolvido pela diretoria”, declarou.

 

Compartile:

Tags: